Governador Wanderlei Barbosa determina força tarefa para atender vítimas e familiares da tragédia em Almas

O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, colocou toda a estrutura do Estado à disposição para prestar socorro às vítimas e assistência às famílias que perderam seus entes queridos na tragédia que aconteceu na noite dessa quarta-feira, 25, entre os municípios de Natividade e Almas, onde um acidente envolvendo uma van que fazia transporte de pacientes e uma carreta vitimou fatalmente 12 pessoas.

“Estou consternado com esta tragédia em Almas. Expresso minha solidariedade às famílias atingidas, e coloquei à disposição a estrutura do Estado para ajudar no que for possível às vítimas. Todas as nossas forças estão empenhadas neste momento. Determinei o deslocamento de equipes da Saúde, Bombeiros, Setas e Segurança para acompanhar os trabalhos”, expressou o governador  Wanderlei Barbosa, que se deslocará para Almas nesta quinta-feira, 26, para prestar solidariedade às famílias e amigos das vítimas e acompanhar o trabalho das equipes do Governo do Tocantins.

Força tarefa

Um grupo de trabalho foi criado pelo Governo do Tocantins para prestar socorro às vítimas e assistência às famílias. São equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria da Saúde (SES) e Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas).

A Secretaria de Estado da Saúde colocou à disposição toda a estrutura do Hospital Regional de Dianópolis, unidade hospitalar da rede estadual mais próxima à localidade. A pasta informou que acolheu no Hospital Regional de Porto Nacional um dos feridos, porém, devido à necessidade de avaliação neurológica, o paciente está sendo encaminhado ao Hospital Geral de Palmas (HGP). A SES-TO reforçou, ainda, que encaminhou equipe de psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, técnicos de enfermagem e ambulância do Hospital Regional de Dianópolis para reforçar os serviços de Saúde no município de Almas.

A Secretaria de Segurança Pública informou que a Delegacia Regional de Almas está reforçada com duas equipes que já se encontram na região para a identificação das vítimas, além da força tarefa para  localizar o motorista do caminhão que supostamente teria se evadido após receber atendimento médico. O helicóptero da SSP também se deslocou para a região para atender as vítimas da tragédia.

Já a Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social comunicou que serão repassados aos municípios das famílias impactadas pela tragédia recursos extraordinários do cofinanciamento estadual dos Benefícios Eventuais. Os Benefícios Eventuais são previstos pela Lei Orgânica de Assistência Social (Loas) e oferecidos aos municípios para os cidadãos e suas famílias que não têm condições de arcar, por conta própria, com o enfrentamento de situações de dificuldades.

Acidente

O trágico acidente que aconteceu na TO-280, próximo ao município de Almas, no sudeste do Tocantins, entre uma van que fazia transporte de pacientes e uma carreta, deixou 12 vítimas fatais. Entre os mortos há uma criança com poucos meses de vida. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 14 pessoas estavam na van. Dois passageiros foram levados para unidades hospitalares, assim como as três pessoas que estavam na carreta: o condutor, uma mulher e uma criança. No atendimento às vítimas, todo efetivo dos bombeiros de Dianópolis participou da ocorrência com viaturas.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WhatsApp Image 2024-06-21 at 17.25.31
doe-sangue-salve-vidas-696x457
WhatsApp Image 2024-06-21 at 22.35.20
ba92e667-1bff-4238-b3e6-567f74f9dc2d
card_luzimangues_e_portoreal

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?