Operação Paz: Ação conjunta das Polícias Civil do Tocantins e do Mato Grosso resulta na prisão de foragido da justiça pelo crime de latrocínio

Um homem de iniciais E.F.S, de 37 anos de idade, foi preso na manhã desta sexta-feira, 1º, em Gurupi, por meio de uma ação conjunta, realizada pelas equipes da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil e da 3ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, com apoio da Polícia Judiciária Civil do Estado do Mato Grosso.

 

Comandada pelo delegado regional, Joadelson Rodrigues Albuquerque, a ação foi deflagrada após investigações conjuntas das duas polícias revelarem que o indivíduo, que é foragido da Comarca de São Félix do Araguaia, onde responde a uma acusação pelo crime de latrocínio, estaria escondido no município do Sul do Estado. .

 

“Após obter informações de que um foragido da Justiça do Mato Grosso, pelo crime de latrocínio, estaria aqui na cidade mobilizamos nossas equipes e, contando com apoio da Polícia Civil do Mato Grosso, conseguimos localizar o paradeiro do homem e efetuar a prisão do mesmo”, frisou a autoridade policial.

 

O crime

Os levantamentos da PC-TO apontaram que no dia 28 de outubro de 2008, às margens da BR-158, nas imediações do município de Ribeirão Cascalheira (MT), E.F.S, juntamente com mais um comparsa, mataram a vítima identificada como Wilson Mendes dos Santos e subtraíram a motocicleta que a vítima conduzia na oportunidade. “Consta nos autos que, no dia dos fatos, E.F.S. fez sinal para a vítima parar a motocicleta e quando esta o fez, foi abordada e rendida pelo comparsa de E.P.S, que estava no mato portando uma arma de fogo. Em seguida, Wilson foi levado para o mato e executado com um tiro na cabeça”, disse o delegado Joadelson.

 

Logo após o crime, os homens fugiram, sendo que E.F.S foi preso meses depois e confessou, além do crime praticado contra Wilson, outros delitos, incluindo homicídios, latrocínios e dentre outros crimes. Pelo crime de Ribeirão Cascalheira, o indivíduo foi julgado e condenado, a uma pena de 22 anos de reclusão, mas permaneceu foragido até a data de hoje, quando foi capturado pela Polícia Civil.

 

Depois de ser localizado e preso, o indivíduo foi conduzido até a sede da 12ª Central de Atendimento da Polícia Civil de Gurupi para a realização dos procedimentos necessários. Em seguida, o homem foi recolhido à Unidade Penal Regional de Gurupi, onde permanece à disposição do Poder Judiciário da 2ª  Vara Criminal da Comarca de São Félix do Araguaia, cidade para onde deverá ser recambiado em tempo oportuno.

 

A operação contou com a efetiva participação da 7ª DRPC e da 3ª DHPP, ambas de Gurupi, e da Delegacia Regional de Vila Rica, Estado do Mato Grosso.

 

“Essa é mais uma ação muito exitosa realizada pela Polícia Civil do Tocantins, com apoio da PC-MT, onde um indivíduo de altíssima periculosidade, e que responde a vários crimes dolosos e contra o patrimônio, foi retirado de circulação e colocado à disposição da Justiça do Mato Grosso, o que sem dúvida, representa mais segurança a toda a população de Gurupi”, pontuou o delegado regional Joadelson.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

WebBanner---Campanha-Vacina-(300x250px)
doe-sangue-salve-vidas-696x457
ba92e667-1bff-4238-b3e6-567f74f9dc2d
WhatsApp Image 2024-05-09 at 10.38.34

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?