Ministério Público vistoria UTI adulto do HGP e constata inadequações

O promotor de Justiça Thiago Ribeiro Franco Vilela, da área de defesa da saúde, realizou vistoria na UTI adulto do Hospital Geral de Palmas (HGP) nesta terça-feira, 4, tendo constatado algumas inadequações. Entre elas, a insuficiência de técnicos de enfermagem, podendo chegar a até 28 profissionais.

Outro fato apontado é que só existe uma farmácia para atender a UTI adulto, que se distribui em dois pavimentos do HGP. Em razão disso, os servidores precisam subir escadas para buscar todas as medicações. Além de dificultar a dinâmica dos trabalhos, o problema também compromete o tratamento dos pacientes.

Ainda foram relatados problemas relacionados à manutenção e ao comprometimento da equipe, em decorrência de atrasos salariais.

O membro do Ministério Público designou uma audiência administrativa com representantes da Secretaria Estadual da Saúde (SES) para o próximo dia 18, para discutir estes problemas.

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

webbanner-IPTU2024_PortoNacional_-300-x-300-pix
doe-sangue-salve-vidas-696x457
ba92e667-1bff-4238-b3e6-567f74f9dc2d
Brasao_Prefeitura_PNG

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?