MPTO faz reunião com a Polícia Militar visando reforço da segurança no dia das eleições para os Conselhos Tutelares

Membros do Ministério Público do Tocantins (MPTO) e integrantes da cúpula da Polícia Militar do Estado reuniram-se na tarde desta terça-feira, 26, para tratar sobre o reforço da segurança no dia das eleições de conselheiros tutelares, que acontecem no próximo domingo, 1º de outubro.

O procurador-geral de Justiça, Luciano Casaroti, solicitou formalmente o apoio da corporação, com o intuito de garantir a tranquilidade do processo eleitoral em todos os 139 municípios tocantinenses.

“O papel da Polícia Militar nos locais de votação é fundamental para que tudo ocorra da melhor forma possível. Todas as instituições devem estar empenhadas em garantir a lisura, a transparência e a segurança deste processo”, afirmou Casaroti.

O chefe do Estado-Maior da Polícia Militar do Tocantins, coronel Cláudio Thomaz Coelho de Souza, afirmou que a intenção é montar um grandioso esquema de reforço policial para que a corporação tenha homens fazendo ronda em todas as cidades tocantinenses.

“A eleição é muito importante e garantir a segurança de todos é nosso dever e nosso papel. Por isso, a mobilização será grande”, disse.

Também participaram da reunião desta terça o subprocurador-geral de Justiça e chefe de gabinete da PGJ, promotor de Justiça Abel Andrade Leal Júnior; o promotor de Justiça Sidney Fiori Júnior, coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Infância, Juventude e Educação (Caopije), do MPTO; a diretora-geral do MPTO, Alayla Milhomem Costa Ramos; o chefe do Departamento de Modernização e Tecnologia da Informação (DTMI), Ernandes Rodrigues da Silva; e o assessor militar do MPTO, tenente-coronel Leandro Guimarães Nunes.

Acompanharam o chefe do Estado-Maior da PMTO o chefe da Assessoria Técnica de Informática e Telecomunicações (ATIT), tenente-coronel Moisés Mecena Barbosa Beto e o adjunto da 3ª Seção do Estado-Maior da PMTO, tenente-coronel Murilo Pires de Avelar Lima.

Sistema online

Neste ano, o MPTO vai ter uma participação ativa e muito importante nesse processo. De forma gratuita, a instituição, por meio de uma ferramenta elaborada pelo Departamento de Tecnologia da Informação da instituição, vai permitir que a sociedade acompanhe, de forma online (leia aqui), a apuração dos resultados em tempo real.

Pela primeira vez na história, a eleição ocorrerá 100% por meio das urnas eletrônicas. O Tocantins foi pioneiro, em 2019, ao realizar a eleição com as urnas em todas as cidades do Estado.

Doação

Na oportunidade, o Ministério Público do Tocantins fez o repasse de equipamentos de informática à Polícia Militar do Estado. Ao todo foram destinados 153 itens à corporação, entre computadores, monitores, estabilizadores, impressoras, nobreaks, switches e roteadores de wifi.

Segundo o chefe do Estado-Maior da PMTO, coronel Cláudio Thomaz, a contribuição do MPTO é muito importante para a polícia, porque vai auxiliar no processo de estruturação da corporação. “Isso impacta na nossa missão de manter a ordem e garantir a segurança da nossa população. A parceria entre a Polícia Militar e o Ministério Público é fundamental para o bem-estar da sociedade e para o sucesso das nossas atividades”, disse.

A doação foi feita, tendo em vista, a renovação recentemente dos equipamentos e itens de informática de membros e servidores.

Fonte: MPE-TO

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

ba92e667-1bff-4238-b3e6-567f74f9dc2d
doe-sangue-salve-vidas-696x457
WhatsApp Image 2024-04-23 at 13.09.24
ba92e667-1bff-4238-b3e6-567f74f9dc2d
Brasao_Prefeitura_PNG

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?