Dia D Operação Shamar: Polícia Civil cumpre mandado de prisão e realiza ações educativas de Norte a Sul do Tocantins

Nesta quinta-feira, 14, Dia D da Operação Shamar, a Polícia Civil do Tocantins realizou ações repressivas e educativas de Norte a Sul do Estado, com foco no combate ao fim da violência doméstica e familiar.

Equipes das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher e de Vulneráveis (DEAMs e DEAMVs) realizaram ação de panfletagem em 12 cidades do Estado: Palmas, Araguaína, Araguatins, Augustinópolis, Tocantinópolis, Colinas, Miracema, Guaraí, Paraíso, Porto Nacional, Gurupi e Arraias.

“O objetivo é divulgar os canais de denúncia, principalmente o aplicativo Salve Mulher, que permite até solicitações de medidas protetivas pelo celular. Precisamos conscientizar sobre a importância da denúncia em casos de violência contra a mulher, pois, infelizmente, a grande maioria das vítimas de feminicídio no nosso Estado não tem registro de ocorrências anteriores, o que demonstra o dever de toda sociedade para evitar o crime mais grave. Por isso, orientamos as mulheres para que não se calem e que a Polícia Civil está aqui pronta para auxiliar a encerrar o ciclo de violência e punir seus agressores”, destacou a diretora de Polícia do Interior e coordenadoras das delegacias especializadas, delegada Ana Carolina Braga.

Mandado de Prisão
Em Gurupi, um homem de 26 anos, que era foragido da Justiça pelos crimes de homicídio e violência doméstica foi preso no Setor Industrial, pelas equipes da 9ª Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAMV – Gurupi), 3ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP – Gurupi) e 7ª Delegacia Regional. O homicídio foi cometido em 2017 e o crime de violência doméstica era constante contra sua companheira. Após a prisão, o homem foi encaminhado para unidade prisional da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

As equipes da 9ª DEAMV também saíram às ruas e avenidas da cidade, onde realizaram panfletagens e efetuaram diversas visitas solidárias com objetivo de fiscalizar se a medida protetiva estava sendo cumprida e ofertar auxiliar psicológico, caso a vítima necessitasse. Também foram intensificados os protocolos de atendimento psicológico que são oferecidos regularmente pela 7ª Delegacia Regional de Gurupi por meio de uma psicóloga que atua diretamente no atendimento dos casos dessa natureza.

O delegado regional Joadelson Albuquerque ressalta que as ações, que tiveram início ainda no mês de agosto e estão sendo encerradas nesta quinta-feira, foram muito importantes não somente para conscientizar as mulheres e intensificar os protocolos de atendimento psicológico às vítimas, mas também demonstrar que a Polícia Civil do Tocantins abraça a causa da não violência contra a mulher como medida duradoura e constante.

“A operação Shamar nos oportunizou mais uma vez a necessidade de atuar de maneira ainda mais firme e rígida no enfrentamento e combate a violência doméstica e contra a mulher, por meio de ações efetivas e que resultaram nas prisões de agressores, e no acolhimento das vítimas desse tipo de delito, que ainda ocorre em nossa sociedade”, disse.

Mandado de Busca
Em Tocantinópolis, as equipes da 3ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV Tocantinópolis), coordenadas pela delegada Lívia Rafaela Vasconcelos, deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão relacionado a um suposto compartilhamento de imagens íntimas. “Três mulheres haviam feito ocorrência, dando conta que um rapaz com quem teriam ‘ficado’, tirou fotos íntimas delas sem autorização e estaria repassando em grupos de mensagens. Com ele apreendemos o aparelho celular e um pendrive”, ressaltou a delegada.

Palestra
Em Pedro Afonso, a Polícia Civil do Tocantins ministrou palestra sobre as principais características da Lei Maria da Penha para a comunidade, em especial aos servidores da Secretaria da Saúde. O intuito é conscientizar a população a respeito das ações e atitudes que precisam ser adotadas no combate à violência doméstica.

Na ocasião, os delegado Bernardo José Rocha, assessor especial da Secretaria da Segurança Pública, em Palmas; Andresson Alves, titular da Delegacia da Mulher de Guaraí; além do delegado Nivaldo Antunes Siqueira, da 49ª DP de Pedro Afonso; também falaram acerca do trabalho que vem sendo desenvolvido diuturnamente pela Polícia Civil objetivando a redução dos delitos de violência doméstica e contra a mulher de uma forma geral e explicaram ainda os aspectos da Rede de Proteção à Mulher da qual Secretaria da Segurança Pública é integrante.

Além das palestras durante alguns dias, os delegados deram andamento às várias investigações sobre crimes de violência doméstica, com oitiva de testemunhas, interrogatórios de autores e realização das diligências necessárias.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados obtidos durante as ações realizadas que hoje se encerram com essa palestra de conscientização, pois foi possível dar andamento a vários inquéritos que tem por objetivo elucidar todos os casos de violência doméstica, e promover a responsabilização criminal dos agressores”, frisou o delegado Bernardo Rocha.

Operação Shamar

Deflagrada no último dia 21 de agosto, a Operação Shamar segue até esta sexta-feira, 15 de setembro, em todo o Tocantins.

A operação é promovida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), sob a Diretoria de Operações Integradas e de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Diopi/Senasp).

No Tocantins, as ações são coordenadas pelo Sistema Integrado de Operações (SIOP), vinculado à Superintendência de Segurança Integrada da Secretaria da Segurança Pública (SSI/SSP-TO). Fazem parte da Operação Shamar no Tocantins, a Secretaria da Segurança Pública, Polícia Militar, Secretaria da Cidadania e Justiça, Secretaria da Mulher e Secretaria dos Povos Originários e Tradicionais.

Revisão Textual: Vania Machado

Delegada Ana Carolina Braga destaca que o objetivo é divulgar os canais de denúncia uma vez que a maioria das vítimas de feminicídio não possui denúncias de ocorrências anteriores – Luiz de Castro/Governo do Tocantins file_download

Em Palmas, a ação de panfletagem ocorreu em uma das principais avenidas da cidade – Luiz de Castro/Governo do Tocantins file_download

Em Pedro Afonso, palestras foram ministradas por delegados aos servidores da Secretaria Municipal da Saúde – Divulgação PCTO file_download

Visitas domiciliares também foram realizadas em Tocantinópolis – Divulgação PCTO file_download

Em Gurupi, um homem foi preso em cumprimento a mandado de prisão por homicídio e violência doméstica – Divulgação PCTO file_download
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

webbanner-IPTU2024_PortoNacional_-300-x-300-pix
doe-sangue-salve-vidas-696x457
ba92e667-1bff-4238-b3e6-567f74f9dc2d
Brasao_Prefeitura_PNG

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?