Durante a madrugada, Polícia Civil localiza e prende faccionado investigado por duplo homicídio ocorrido em 2022 na Capital

Um homem de 22 anos, pertencente a uma organização criminosa e investigado por um duplo homicídio ocorrido em 13 de janeiro de 2022, em Palmas, foi preso na madrugada deste sábado, 1º de julho, pela Polícia Civil do Tocantins, por meio da equipe da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DHPP – Palmas). O homem faccionado ainda é suspeito de cometer outros três homicídios nos anos de 2020 e 2021.

Conhecido como GG, o homem preso é um dos suspeitos do homicídio que vitimou o casal Giovanna Alessandra Ribeiro da Silva, 23 anos, e Wenesph Freitas da Silva, 30 anos. Após a execução por arma de fogo, os corpos foram depositados em uma área de mata às margens do km-2 da TO-030, no Distrito de Taquaruçu, sendo encontrados dois dias após o fato, já em estado de decomposição e parcialmente carbonizados.

O crime ocorreu dentro do contexto de disputa de poder entre facções criminosas. As vítimas possuíam ficha criminal, sendo ela por roubo e furto qualificado, nos anos de 2018 e 2021, respectivamente; e ele por roubo (2010) e tráfico de drogas (2016).

As investigações
As investigações da 1ª DHPP iniciaram logo após que os corpos foram encontrados e identificados, tendo a equipe policial localizado os familiares que deram mais elementos à investigação. A família de Wenesph já havia registrado um Boletim de Ocorrência relatando seu desaparecimento.

O casal de namorados foi visto pela última vez no dia do crime e o fato de Wenesph possuir uma motocicleta levou a equipe policial a deduzir que a mesma teria sido levada pelos criminosos. O veículo foi localizado, cinco dias após o crime, em uma residência na 406 Norte. As investigações apontaram que o veículo havia sido resgatado de um outro imóvel na região sul da Capital, onde um comparsa de GG morava de aluguel. O local possivelmente foi usado como cativeiro das vítimas.

A equipe policial localizou os bens das vítimas, ouviu testemunhas e analisou imagens de câmeras de segurança que mostram que o carro de GG foi utilizado para levar as vítimas até o local onde os corpos foram encontrados, sendo constatada a provável participação de GG no duplo homicídio. Em 22 de agosto do ano passado, GG foi preso, em flagrante, na cidade de Goiânia, por tráfico de drogas.

Prisão
No último dia 17 de junho, uma nova representação foi feita à justiça e devidamente deferida, sendo que na madrugada deste sábado, 1º, GG foi localizado em uma pousada nas proximidades do Terminal Rodoviário de Palmas, levado para a sede da 1ª DHPP e, após os procedimentos legais, encaminhado para a Unidade Prisional de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: SSP-TO

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

webbanner-IPTU2024_PortoNacional_-300-x-300-pix
doe-sangue-salve-vidas-696x457
ba92e667-1bff-4238-b3e6-567f74f9dc2d
Brasao_Prefeitura_PNG

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?