Polícia Civil deflagra Operação Miraculum e prende membro de facção criminosa investigado por tentativa de homicídio na Capital

Mais um crime de tentativa de homicídio foi elucidado pela Polícia Civil do Tocantins e o autor foi preso na manhã desta sexta-feira, 19, pelas equipes da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (1ª DHPP – Palmas) durante a Operação Miraculum. Trata-se do crime cometido em 30 de setembro de 2022, no Jardim Aureny III, em Palmas, quando o autor de 22 anos, que é membro de uma facção criminosa, tentou matar a tiros um integrante  do grupo criminoso rival, um jovem de 18 anos.

O autor foi preso logo nas primeiras horas do dia, no Jardim Aureny III. Ao perceber o cerco policial, ele fugiu e se refugiou na residência de uma vizinha. “Conseguimos informações de que ele estaria na vizinhança, esses vizinhos dificultaram a ação da polícia, dizendo que ele não estava no local. Mas de tanto insistirmos, após quase uma hora e meia de negociação, nos deixaram entrar. Encontramos ele debaixo da cama, na casa de uma vizinha. Essa cobertura que esses vizinhos deram também configura crime de favorecimento pessoal e eles podem ser responsabilizados por isso”, destacou o delegado responsável pelas investigações, Eduardo Menezes.

O Crime

No dia do crime, a vítima estava em estabelecimento comercial na região sul da capital, quando dois homens a bordo de uma motocicleta chegaram ao local, momento em que o indivíduo preso na data de hoje, que estava como carona do veículo, desembarcou, aproximou-se da vítima e efetuou contra ela vários disparos de arma de fogo.

“O que chamou atenção da equipe de policiais da Divisão de Homicídios é que um dos tiros foi deflagrado contra a cabeça do jovem, o qual, ainda sim, felizmente, sobreviveu após atendimento médico. O projétil atravessou seu pescoço, quebrou dois de seus dentes e, surpreendentemente, saiu pela boca”, destacou o delegado, informando que pelo fato de a vítima ter sobrevivido, o nome Miraculum (milagre em latim) foi escolhido para nomear a operação.

Essa é a 31ª prisão realizada pela 1ª DHPP de Palmas nos cinco primeiros meses deste ano. “Esse é mais um caso de tentativa de homicídio fruto da guerra de facções solucionado pela Divisão de Homicídios de Palmas. Mais uma prisão importante de um soldado atuante e com protagonismo nesse embate entre tais organizações criminosas, responsável por vários outros homicídios na cidade”, pontuou o delegado.

Após a oitiva e os procedimentos legais pertinentes, o indivíduo será autuado por tentativa de homicídio, tráfico de drogas e porte de arma de fogo e munição, visto que foram encontradas com ele porções de drogas, uma arma calibre 22 e diversas munições com ele. Ele será encaminhado à Unidade Prisional de Palmas. As investigações seguem no sentido de identificar o comparsa do autor, que na ocasião era o condutor do veículo.

                             Drogas e munições apreendidas – Luiz de Castro/Governo do Tocantins file_download

Foi encontrada com o suspeito uma arma de fogo calibre 22 – Luiz de Castro/Governo do Tocantins file_download

  Os policiais da 1ª DHPP negociaram por quase uma hora e meia para que a vizinha os deixasse entrar na casa – Luiz    de Castro/Governo do Tocantins file_download

Após a prisão, o homem foi conduzido para a 1ª DHPP onde foi ouvido e autuado pelos crimes que cometeu – Luiz de Castro/Governo do Tocantins file_download

Preso foi localizado debaixo da cama na casa de uma vizinha – Luiz de Castro/Governo do Tocantins file_download
WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anuncie aqui, clique aqui para entrar em contato.

Veja também

Porto Mídia - PodCast

Publicidade

webbanner-IPTU2024_PortoNacional_-300-x-300-pix
doe-sangue-salve-vidas-696x457
ba92e667-1bff-4238-b3e6-567f74f9dc2d
Brasao_Prefeitura_PNG

Anuncie aqui,
clique aqui para entrar em contato.

Já conhece nosso podcast?